3 de setembro de 2013

Quando o amor acaba



   Eu lembro como se fosse ontem a primeira vez em que nossos olhares se encontraram num lugar qualquer, o mesmo que foi cenário de vários momentos entre nós dois. Momentos que eu queria esquecer, momentos que me machucaram e me torturaram durante muito tempo. Você estava acompanhado, e isso não te impediu de colocar os olhos em mim. Para quê? Diga-me, você me viu como uma garota diferente, uma garota pela qual valia à pena amar? Ou me viu como o próximo alvo de seus joguinhos? Assim como a garota que estava ao teu lado naquela noite.

   Eu nunca quis isso, nunca quis que você roubasse meu coração. Eu estava tentando me reinventar, e voltar a ser a garota que eu costumava ser antes do primeiro idiota aparecer na minha vida. Ai você surgiu no meu caminho com esse seu rostinho angelical, parecia que Deus tinha me mandado um anjo e que você era o cara certo, parecia que você era um bom garoto. Mas, é como dizem: As aparências enganam.

  Você parecia um anjo, mas era o diabo disfarçado. Tão cruel e irresponsável. Como pude ser tão cega? Como pude pensar que você, - o tipo de garoto que gosta de viver perigosamente, que gosta de ser livre, que gosta de coisas extremamente fúteis -, poderia amar alguém como eu.  
  
  Não somos feitos um para o outro, e essa coisa de os opostos se atraem nunca funcionou com a gente. Você acabou comigo, me destruiu, eu nunca tinha me sentido tão péssima. Era como se eu não fosse inteligente o suficiente, bonita o suficiente, boa o suficiente para você. 

  E quando eu me afastava você sempre voltava atrás com sua carinha de arrependido, me fazendo acreditar novamente. Lembra como você me desprezava em um dia, e no outro me tratava como a garota mais especial do mundo inteiro, só para no outro dia me desprezar mais uma vez e rir do meu desespero? Pois é, fui burra o suficiente para me apaixonar por você, fui estúpida o suficiente por te perdoar mais de uma vez. 

  Mas, eu cansei e aprendi que quem ama de verdade não te despreza, não te abandona e não te faz se sentir como alguém especial para na manhã seguinte te fazer se sentir um lixo.  Aprendi também que quem erra uma vez, erra duas, três. E aprendi que as pessoas nunca mudam principalmente alguém como você.
   
  Você estava tão ocupado planejando seus joguinhos, achando que eu não conseguiria sobreviver sem você que nem percebeu que eu já esqueci um idiota antes. Não percebeu que podia até demorar, mas eu iria te esquecer. Espero que agora você perceba  que não importa se uma garota perde a fala quando você chega, se as pernas dela tremem tanto que ela não consegue nem andar, não importa o quanto ela te ame. Se você não lhe der o devido valor, uma hora esse amor vai acabar.


1 de setembro de 2013

Bairro da Liberdade

Hey pessoal enfim voltamos,e hoje eu vou dar uma super dica pra quem vem conhecer a cidade de São Paulo,além do concreto e prédios enormes nos temos pontos turísticos bem legais, algum tempo atrás falamos sobre o Jardim Botânico(veja o post AQUI), e o post de hoje vai falar sobre o Bairro da Liberdade no centro de São Paulo,que além de ser um bairro turístico abriga a maior colônia de japoneses do mundo que vivem fora do Japão.
A influencia asiática é tão forte que quando você chega lá pensa que saiu do Brasil e foi direto para o Japão,o lugar foi totalmente mergulhado na cultura oriental,as lojas,restaurantes,nas bancas de jornal você encontra mangás,jornais em japonês,inclusive os moradores de lá conversam entre si em japonês.


Eles costumam comemorar os feriados com festas folclóricas de rua ,é realmente um espetáculo maravilhoso,inclusive no mês de setembro eles comemoram a chegada da primavera.
 Durante o ano aos finais de semana você pode fazer compras,conhecer o artesanato e comer comidas tipicas, na famosa feirinha da Praça Galvão Bueno em frente ao metrô Liberdade.


E é claro ao anoitecer você pode se maravilhar com a arquitetura do lugar que fica todo iluminado com as luzes tradicionais.


O bairro é muito legal se você é fã da cultura japonesa esse é o lugar certo pra você.
O Bairro da Liberdade fica no centro de São Paulo próximo a praça da Sé, a melhor forma de chegar é pelo metrô é só embarcar na linha azul e descer na estação Liberdade fácil né ?.

Deixem seus comentários,críticas e dicas,espero que gostem pessoal .Beijos até a próxima!
Por : Nathalia Santos 


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©